Il Girasole

Luigi Moretti

"Il Girasole"

Roma


O Edifício Girasole recebe este nome pela sua forma com perfis laterais que são ventilados para maximizar sua exposição solar, como uma flor girando para seguir o sol. Na frente, uma incisão cortada na fachada parece dividir o prédio em dois, espalhando luz para dentro do prédio e iluminando a sequência de entrada principal. Somando-se às manipulações criativas do perfil, Moretti estende finalmente a superfície das fachadas frontal e traseira além da massa do edifício, dando-lhes uma aparência leve, semelhante a uma tela.



O prédio opera mais ou menos em formato de U, já que a incisão frontal se estende até um pátio central que focaliza a circulação do edifício. As unidades vivas estão espalhadas ao redor deste núcleo oco dentro de um sistema de grade torcido que espelha as geometrias do local. Uma simetria falsa, mas implícita, é alcançada em todo o pátio em todos os andares, exceto no térreo, onde um conjunto inesperado de curvas orgânicas domina o saguão e interrompe a ordem da rota de entrada.


Moretti faz justaposições de mármore, rochas, vidro, metal, cerâmica e madeira ocorrem em todo o edifício, sem qualquer sistema de ordenação aparente, criando uma aparência distintamente caótica.


No exterior do prédio repousam de forma não intuitiva sobre materiais mais leves. Embora possa haver um grau de aleatoriedade nas escolhas materiais de Moretti, elas são cuidadosamente orquestradas para serem ao mesmo tempo provocativas e geralmente agradáveis.


Essa mistura de textura me dá curiosidade tátil.



Fonte: ArchiDaily


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo